"Eu te busco de todo o coração; não permitas que eu me desvie dos teus mandamentos." (Salmo 119:10)

sexta-feira, 12 de julho de 2013

Eu gostaria que você não gostasse.


Skyward Dreams

Às vezes eu ainda paro e penso: "podia ser de outro jeito" ou "podia ser como era antes". Podia ser tanta coisa, sabe? Hoje mesmo podia não ser do que jeito que eu quero, do jeito que está. Eu gostaria muito que você não gostasse de mim. Quando alguém gosta de você, gostar com ar de amor, ar de eros, você, de certa forma, se sente responsável por isso. Eu sei que não sou, mas eu me sinto. O saber e o sentir são distâncias grandes separadas por uma linha muito tênue, muito fina, que a qualquer momento pode se partir...

Eu queria que você não perguntasse por mim. Eu queria que você pudesse não ficar postando carinhas tristes, eu queria não ter que ficar sabendo de tudo, porque fica parecendo que eu sou uma grande vilã, porque, por eu estar conseguindo levar tudo adiante, sozinha e bem, parece que minha felicidade é à custa da tristeza de alguém. Eu gostaria muito que você guardasse suas mágoas a meu respeito só pra você, assim como eu tento guardar ainda o carinho que sinto por ti, mas que não é nada além disso: carinho.

Não precisa lembrar da música do AC/DC que eu gostava, nem da flor que eu mais gosto, nem do meu sinal preferido, nem dos nomes que eu escolhi pros meus filhos, nem do jeito que gosto de roupa, nem das fotos que eu tirei, nem das cartas que eu te dei. Não precisa, não adianta mais lembrar de tudo isso. Não adianta, não foi no tempo certo. No tempo certo tinha morrido, no tempo certo não teve valor. Agora não me prende mais, não me encanta mais, mas me preocupa. Vá viver e, por favor, acho que um dia posso até me arrepender: não goste de mim.

Um comentário:

Juliana da Conceição disse...

É muito dolorido para quem segue sabendo que a outra pessoa ainda está lá, parada no tempo, vivendo algo que já não existe. O carinho sempre permanecerá, afinal, todos, quando a relação não termina com confusão, guardamos um carinho. E não há nada melhor do que encontrar ex-namorados que se tornaram amigos. Eu sei, pq já vivi isso. Enfim, é muito ruim saber que o outro sofre por uma decisão nossa, enquanto estamos aqui, "muy bien". Como foi dito, nos sentimos vilão na história.