"Eu te busco de todo o coração; não permitas que eu me desvie dos teus mandamentos." (Salmo 119:10)

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Os de dentro

Muitas pessoas ao entrarem em uma igreja, ou se converterem a uma religião,decidem morrer para o mundo definitivamente. Morrer para o mundo é morrer para as nojeiras, as injustiças que ele nos impõe. No entanto, muitos "morrem para o mundo" fingindo que não estão nele. Você já parou para pensar que existem pessoas que precisam ouvir a Palavra de Deus? Existem pessoas que necessitam conhecer a verdade! Como então queremos assumir um compromisso com Deus se nos alienamos de tudo, e deixamos tudo nas mãos de outras pessoas? O correto não é se converter à religião, e sim, a JESUS CRISTO! Religiões causam dissensões, discórdia... Jesus Cristo traz sabedoria, conhecimento, VIDA ETERNA, e quando sofremos, sofremos porque ainda somos pecadores e vira e mexe tomamos decisões erradas ou somos imprudentes não porque somos tentados por Deus, as tribulações que passamos nos mostram como sermos pacientes e termos esperança. No final, tudo tem um objetivo, sempre se tira uma lição de moral. Muitas pessoas que não conhecem a Palavra de Deus estão nas ruas agora sofrendo, famintas... Será que a solução não seria simplesmente um abraço, uma palavra de conforto? Ou você acha que se elas estão assim o problema não é seu, você não tem nada a ver com isso? Se você age desta maneira, então seria melhor que você saísse deste mundo. Você sabe onde fica a saída?


Em 1 Coríntios 5 Paulo fala sobre os imorais e idólatras que estão dentro das igrejas! São muitos! A bíblia é um livro muito atual. Mesmo séculos depois ainda encontramos situações parecidas no universo cristão. Notem, porém, que ele fala sobre os que estão dentro:

"Já lhes disse por carta que vocês não devem associar-se com pessoas imorais. Com isso não me refiro aos imorais deste mundo, nem aos avarentos, aos ladrões ou aos idólatras. Se assim fosse, vocês precisariam sair deste mundo. Mas agora estou lhes escrevendo que não devem associar-se com qualquer que, dizendo-se irmão, seja imoral, avarento, idólatra, caluniador, alcoólatra ou ladrão. Com tais pessoas vocês nem devem comer." (1 Coríntios 5:9-11)

Sabedoria. Sabedoria para lidar com estes, paciência, amor. Cuidadopara não interpretar e levar ao pé da letra tudo, viu? Se seu irmão é alcoolatra eu, Steffi, aconselho que tenha muito amor e não desista de ajudá-lo. Alcoolismo é uma doença. Mas saibam discernir um que sofre disso e outro que vive assim porque quer se exibir e não toma uma decisão final sobre o que quer.

4 comentários:

Vinicios Souza disse...

Parabéns pelas sábias palavras! Concordo plenamente com você.
Abraços!

www.blogoblogueiro.blogspot.com.br

Felipe Vicente disse...

Muito bonita a sua reflexão! Concordo com você, principalmente na parte das pessoas que morrem para o mundo, é a mais pura verdade.

Abraço, Lipe.
www.blogopenbooks.blogspot.com.br

ELLIANE RAMOS disse...

parabéns pelo blog.
seguindo
bjs

Dayane Brito disse...

Muito boa a sua reflexão!
Concordo com você também.Penso muito nisso também. Afinal, quem mais precisa de Deus é quem realmente ainda não o conhece e não apenas quem já o conhece. Algumas pessoas, ao se converterem, parecem fechar os olhos para as necessidades dos que estão de fora, condenando seus defeitos e esquecendo que, assim como os que estão dentro da Igreja pedem a Deus para que repare seus pontos fracos, as pessoas de fora também precisam disso.

A propósito, vou lhe linkar no meu blog. :)