"Eu te busco de todo o coração; não permitas que eu me desvie dos teus mandamentos." (Salmo 119:10)

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Sem final...

Bom, desde que decidi viver na blogosfera, procuro aguçar todos os meus sentidos, procurando assim, inspiração. Hoje assisti um filme chamado "Minhas adoráveis Ex-Namoradas", que fala sobre um cara chamado Connor Mead, que acha que a vida foi feita para o sexo, para o divertimento, mais propriamente : brincar com os sentimentos dos outros, no caso, as mulheres.
O que acontece é que algo mágico muda tudo para mostrar que na verdade, essa não é a natureza dele, mas sim, o fruto de uma decepção da qual ele nem lembrava mais. Bom, aonde eu quero chegar aliás, já que não quero falar sobre o filme (minha fase crítica ainda não floresceu!)? É que eu chorei assistindo o filme, tá, não é novidade, mas chorei. Chorei porque não acreditei que alguém como ele pudesse existir, uma pessoa que não tem escrúpulo nenhum com os sentimentos alheios, com o sentimento existente no coração do próximo.

Essa é a pior coisa que pode acontecer com alguém, não ter seu amor retribuído, não se sentir amada, não sentir um abraço carinhoso com ar de saudade, não ganhar presentes, não ver o pôr-do-sol na companhia de quem se ama.

Quem não recebe isso de alguém com certeza nunca vivenciou o clímax da sensação de estar VIVO! Que não teve a oportunidade (ainda) de viver tais momentos e sentir tais sensações, não sofre tanto como quem já viveu, sentiu e hoje não possui mais... A perda nesses casos não é algo superável tão facilmente, aliás, que perda é superável facilmente? Requer tempo, melhorias, novos pensamentos, ou, o mais duro e complexo, um novo amor. Mas decidir viver um novo amor não é fácil quando não se quer deixar a pessoa amada de lado, mesmo que essa pessoa não te oferte mais tanto tempo, não te mime mais da mesma maneira, não acha mais graça nas suas piadas, não te elogia, não pede pra você ficar por perto sempre... A perda com certeza é bem pior, porque cheira a decepção, desilusão, depressão, choro... Impotência.

Pra não desfrutar destas sensações, geralmente há uma auto-permissão para o mudo sofrimento, aceita-se as perdas cotidianas, aprende-se a conviver com aquilo que não se tem mais, tudo para não se separar da pessoa amada, mesmo que não haja mais confiança, carinho, novidades. A dor de apenas pensar no fato de viver longe de tal pessoa é insuportável, mesmo que ainda se sofra, é bem mais fácil se calar e aceitar as coisas como estão para sentir pelo menos a presença física. É o amor.
O amor que ultrapassa os limites até mesmo da auto-estima, ama-se tanto, que não há mais amor para si mesmo.

Até que ponto o amor é benéfico?
Isso é amor?


É o amor, louco, que atrai nossos sentidos, somos e estamos eternamente prontos e dispostos a sermos atraídos pelo proibido, pela ilusão, pelo erro, pelo AMOR!


♫♪ Te perder, nunca mais
Nossa história sem final
Nunca acabou
Fiz tudo o que eu quis pra te conseguir
Me diz se ainda somos nós
(...)
Descobrir o que está aqui
Não há nada melhor do que deixar acontecer
Te procurar aonde está
Seja pra te amar ou pra poder te esquecer ♫♪

Sem Final - Aguarráz. (escutem, é bom demais!)

Não quero outro amor, quero o teu,
com tudo o que eu mereço: beijos,
carinhos, promessas, emoções, momentos!

13 comentários:

Luan Silva disse...

muito bonito o post ;)

www.distritovirtual.net

savanna carsi disse...

tu és a minha inspiração. parabéns pelo post. Tuas palavras têm bastante significado. Pois elas têm a sensibilidade de tocar nossos corações. Thanks for exist Steffi ♥

Carlinha disse...

Sensibidade... algo magnifico.
Fico maravilhada cm vc toca nesses pontos cruciais de falta de sensibilidade das pessoas.Parabéns linda vc tá arrebentando no mundo ''blogosfera'' cm vc mesma citou.
BjOo

anjo só disse...

mais uma sentimental .....! junte-se a nós ! e façamos o mundo melhor e mais romantico.

bjs

kalanguinho disse...

É o amor, louco, que atrai nossos sentidos, somos e estamos eternamente prontos e dispostos a sermos atraídos pelo proibido, pela ilusão, pelo erro, pelo AMOR!

De quem é essa frase? -> *-*
Muito bom! Quase deprimi...mas ñ o fiz!^^

marianinhaparga disse...

Steffi é minha filha, logo eu passei todo esse conhecimento à ela! haha, brincadeiras a parte ne? :) minha linda, a única coisa que eu posso te dizer é que você tem inteligência, sabe utilizá-la e além disso tudo tem sensibilidade, tudo isso faz de você uma grande escritora e encantadora pessoa *____*

Ludy Pardo disse...

nossa que lindas as suas palavras . Qse choro aqui! Continue assim . Te aDoroo Saudades!

Andrei Vinicius Morais disse...

ADORO *-*

Estou meio aposentado dessas coisas de amor...SIM SOU SUPER ERRADO por isso...Mas eu nescessito de um tempo pra refletir sobre mim, pois no último eu quase nem fazia isso...Enfim isso é outra história.

Olha realmente compre Amelie Poulain, vale muito à pena *-*

Sabe aqueles filmes que deixa o coração bem apertado?...POis bem O Fabuloso destino de Amelie Poulain :D

beijos ;***

Neuro-Musical disse...

Parabéns pelo post! Como já dizia Justin Timberlake em sua música... "What Goes Around Comes Around"

"Tudo que vai, volta"

http://cerebro-musical.blogspot.com

http://twitter.com/felipe_damasio

Fraan disse...

aah amei o seu blog tbm !
*-*
PARABÉNS.

Futebol, Sports & Fernu disse...

Olá Steffi

gostei de seu post, as vz isso passa pela minha cabeça, qual é o verdadeiro sentido do amor, ficar guardando lembranças para a pessoa depois ir embora e só restar as lembranças dela em nossa mente, não sei tb estou aprendendo mto sobre isso, quam sabe um dia ainda descubre o sentido de tudo isso.

bjssssssss
valewwwwww

obs: seu comentario no meu blog não foi infame ta bom rs rs rs rs espero que apareça mais vezes nele

gde abrssssssss
fernu

Marcelo Leite disse...

Você escreve muito bem.
Mostrou os sentimentos, envolveu nós, leitores.
Abraços.

Bia disse...

Olha essas tuas palavras me tocaram muito,eu sei o que é exatamente isso,já passei por tal situação(ainda naum superei ¬¬')é tão ruim amar uma pessoa e naum ser + amada como era antes,sentir que a pessoa tá cada vez + distante e você naum saber o real motivo,ai se senti um lixo por ter perdido o GRANDE AMOR DA SUA VIDA ='(

parabéns ficou muito bacana essa postagem!