"Eu te busco de todo o coração; não permitas que eu me desvie dos teus mandamentos." (Salmo 119:10)

sábado, 1 de outubro de 2016

Mais sozinha que a última peça do resta-um



Estou na fase mais "zen" da minha vida: de muitas reflexões, de muita coisa pra fazer em relação à minha vida profissional, de um reencontro com Deus, de definir minhas prioridades, de refazer alguns planos, de sonhar bastante e trabalhar pra realizar. Mas nunca estive tão s o z i n h a. Sério.

Há algum tempo sempre havia uma conversinha no Whats, ou no Face, enfim, sempre tinha alguma coisa que, mesmo desinteressante, sempre fazia eu me "divertir". Agora não tem nada. Confesso que estou sentindo falta. Estou caretona e carentona, sinto falta de alguém me enchendo o saco ou puxando um papo de leve. Nem James Roberto aparece na minha vida mais.

Apesar disso, nunca antes senti uma leveza e uma tranquilidade como agora. Acredito que isso se deve principalmente à questão espiritual, que vem me ensinando a me preocupar com o que é mais importante, que vem me ensinando a esperar o tempo certo, que vem me mostrando que eu sou amada e querida mesmo com todos os meus erros e vem me ajudando a definir quem eu quero manter perto e quem, infelizmente, não me ajuda a evoluir enquanto pessoa.

Mas tudo bem, eu estou aqui, esperando, derivado de esperança, acreditando que um dia eu serei o presente de alguém, e que, um dia, alguém vai me achar. Enquanto isso, nada melhor que curtir sim a solitude, e a solidão também.

Um comentário:

Gabriela Domingues disse...

Tudo tem seu tempo, hoje vc está sozinha amanhã quem sabem rodeada de gnt, amigos, amores...

Curta teu sossego e seja feliz.
��

Reverse Blog
Reverse no Facebook