"Eu te busco de todo o coração; não permitas que eu me desvie dos teus mandamentos." (Salmo 119:10)

domingo, 21 de agosto de 2016

Te amar sem te querer [poesia-tentativa]

Quem me dera ler-me de novo em tuas linhas
Como eu gostaria que meu corpo fosse de novo teu papel

Te levar e te guiar por todos os lugares que eu falei
Desfrutar tua companhia, fazer nossas próprias leis

Ver teu sorriso aberto, raro, porém sincero
Sentir teu cheiro e sentir que ele é meu

Quem me dera poder te amar sem reservas
E tua falta só sentir pela distância

Ah, meu amor, quem dera eu pudesse reverter tudo
Refazer tudo, construir tudo de novo, mais uma vez.
Ou te arrancar do meu peito com facilidade
Te amar sem te querer.


Nenhum comentário: