"Eu te busco de todo o coração; não permitas que eu me desvie dos teus mandamentos." (Salmo 119:10)

sábado, 30 de outubro de 2010

Eu quero é me livrar!!!

A tristeza deixa um gostinho de poesia em nossa mão. Faz as palavras saírem tão melodicamente, tão solitárias e unidas ao mesmo tempo...
Mas e a alegria? Essa te faz esquecer de tudo, menos de viver. Além de ser inexplicável... Para poder saborear um pouco da alegria tive que me aceitar, tive que aceitar o que dizem sobre mim, tive que meditar sobre isso, tive que saber o que eu quero ser, e assim, trabalhar em prol do meu eu futuro - que será um resultado do que eu sou agora.
Testei o que as más-línguas falavam e a resposta é não. Não posso ser feliz sozinha! Sempre vou ter alguém do meu lado, sempre vou PRECISAR de alguém. O Supremo e o comum, o comum amável. O comum que a gente escolhe. Não tem graça ser alegre sem ter com quem dividir sorrisos, piadas e carinho!
O alimento para a alegria é a certeza de que quem está ao seu lado é quem você quer que esteja, quem você escolheu, ou simplesmente apareceu... Porque você sabe que dividindo, receberá muito mais!
Muitos como eu estão vivendo uma fase que pode ser o fim, mas na verdade, é só o começo. Essa história já é tão piegas, mas mais piegas ainda é saber que todo dia é um começo! O problema é como começar.
Lembre-se:
A inveja, a raiva e os insultos, quando não aceitos, continuam pertencendo a quem os carrega consigo.
Se você está certo, se você não fez nada, então nem ligue. Se alguém te fez mal, perdoe, embora isso não signifique que você vai ter que ser melhor amigo do tal... O importante é se livrar das coisas ruins! Se você errou, peça desculpas, admita, e faça como o Capital Inicial:
Nem tudo é como você quer
Nem tudo pode ser perfeito
Pode ser fácil se você
Ver o mundo de outro jeito
(...)
Se não faz sentido, discorde comigo
Não é nada demais, são águas passadas
Escolha uma estrada
E não olhe, não olhe prá trás
Eu quero é me livrar da raiva, da mágoa, das lembranças que me fazem chorar!EU QUERO!Eu vou!

5 comentários:

Talita Liegyne disse...

Cada vez tenho mais certeza do que te falei.
EU QUERO ME LIVRAR! =D
Você escreve muito bem!
Estou com saudades.

Francisco Jamess disse...

texto intimista muito bonito. quando a gente se encontra, e está feliz consigo mesmo é bem mais fácil encontrar um outro que te faça bem e ser feliz com o mundo que tem.

Mariana Parga disse...

os seus textos chegam na hora certa pra mim, será que é porque vivemos momentos parecidos? Acho que não...ou sim, mas independente do que a nossa vida tem em comum a gente sempre vai ter alguma coisinha pra concordar e mesmo que discordemos, vamos entender e aceitar.
eu te amo♥

disse...

Nossa, como eu já repeti essas palavras de querer esquecer... Acho que todos nós, né?
Quem nunca quis ser parte do filme Brilho Eterno de uma Mente sem Lembranças só para poder esquecer tudinho? hehe

Beijocas

***
http://levantacreuza.zip.net/

Isabel disse...

Lembro de uma vez, minha amiga, que você disse que pareciamos ser a mesma pessoa. Pois eu penso da mesma forma! (rsrs) Não há nada para dizer, além do que já disse a você várias vezes: seus textos são, simplesmente, maravilhosos! :]

beijos!